top of page
balao-site-checkuo.jpg
CheckUPVascular_SITE.jpg
corpo veias 1.png

O projeto Check Up Vascular é uma iniciativa da Sociedade Brasileira de Angiologia e Cirurgia Vascular do Rio Grande do Sul, e tem como objetivo

levar atendimento médico especializado para a população carente do estado do Rio Grande do Sul, oferecendo esclarecimentos e exames para uma grande variedade de doenças vasculares, e assim promovendo a conscientização e prevenção de doenças vasculares, que afetam milhares de pessoas em todo o mundo.

O projeto conta com a participação de médicos angiologistas e cirurgiões vasculares altamente qualificados, que estão comprometidos em fornecer atendimento de qualidade e contribuir para a melhoria da saúde vascular da população. Além disso, o projeto também inclui atividades de conscientização e prevenção, como palestras, distribuição de materiais informativos e orientação sobre hábitos saudáveis.

O projeto Check Up Vascular é itinerante e ocorre em bairros e comunidades em todo o estado do Rio Grande do Sul. Realizado em parceria com os órgãos públicos competentes, o que garante a efetividade das ações e o uso adequado dos recursos públicos.

A conscientização e prevenção de doenças vasculares são essenciais para manter uma boa qualidade de vida e evitar complicações graves que podem colocar em risco a saúde e a vida das pessoas.

Venha fazer parte desse projeto e cuide da sua saúde vascular!

Atuação

A Angiologia e a Cirurgia Vascular são especialidade que se completam na prevenção, diagnóstico e tratamento das doenças das artéria, veias e do sistema linfático. Evita e trata doenças que podem levar a incapacidade funcional, mutilações e até óbito.

A Angiologia e a Cirurgia Vascular utilizam métodos de diagnóstico e tratamento cada cada vez mais modernos e menos agressivos, em benefício e conforto do paciente e seus familiares. A regional do Rio Grande do Sul da SBACV tem o objetivo de informar sobre algumas das principais doenças circulatórias, como podem ser evitadas, seus tratamentos e as complicações decorrentes.

Veias

Fazem o retorno do sangue pobre em oxigênio e nutrientes de volta para o coração.

Artérias

Transportam o sangue rico em oxigênio e nutrientes do coração para os orgãos.

Vasos
Linfáticos

Auxiliam no transporte da linfa e auxiliam no sistema imunológico.

checkupVascular_CRONOMETRO.jpg

Conheça as principais doenças do nosso sistema circulatório

Doença Arterial Obstrutiva Periférica

O que é?

​É a formação de placas de gordura, que ocorre principalmente nas artérias dos membros inferiores, e que leva à redução do fluxo sanguíneo.

Como detectar?

Na fase inicial, pode passar despercebida; pode ser detectada precocemente em pacientes com fatores de risco em uma consulta com o especialista. Em casos mais avançados pode provocar sintomas que variam desde dores nas pernas para caminhar até gangrena ou ulcerações nas extremidades.

Como tratar?

Em pacientes com diagnóstico precoce, a mudança do estilo de vida pode evitar a propagação da doença para formas mais graves.

Em casos avançados podem ser necessários procedimentos para melhorar a circulação, como tratamentos endovasculares (por cateterismo) ou com cirurgias.

Como prevenir?

  • Parar de fumar;

  • Controlar fatores de risco como diabetes, hipertensão e colesterol elevado;

  • Praticar exercícios físicos regularmente;

  • Controlar o peso;

  • Manter uma alimentação saudável.

Fatores de risco

  • Diabetes;

  • Tabagismo;

  • Colesterol elevado;

  • Idade avançada;

  • Hipertensão

Aneurisma da Aorta

O que é?

É uma dilatação anormal localizada em um segmento da aorta (o maior vaso sanguíneo do corpo humano) responsável pela distribuição do sangue do coração para as demais artérias.

A localização mais frequente é na região abdominal. Em casos que ocorrem expansão progressiva, pode resultar em ruptura do aneurisma, situação com alto risco de morte. O Ideal é que o tratamento seja realizado antes que ocorra a ruptura.

Como detectar?

Pacientes com fatores de risco devem ser avaliados por um cirurgião vascular. Para aneurismas no segmento abdominal, exame ultrassonográfico do abdome pode detectar a presença de dilatações; Para aneurismas no segmento torácico, exames tomográficos podem ser realizados, quando indicados.

Quando tratar?

Habitualmente, aneurismas abdominais que apresentam mais de 5 cm de diâmetro devem ser tratados devido ao risco de ruptura. Além disso, aneurismas que apresentam que apresentam crescimento rápido devem ser tratados pela mesma razão.

Eventualmente, em pacientes com sintomas, a correção pode ser necessária para aneurismas com diâmetros menores. Em pacientes com ruptura, é necessária a correção em caráter de urgência, situação gravíssima e de alto risco de mortalidade.

Como tratar?

A grande maioria dos pacientes com aneurismas de aorta atualmente são tratados por técnica endovascular, minimamente invasiva, com o implante de endopróteses através das artérias femorais, localizadas nas virilhas.

Pacientes que apresentam dificuldades anatômicas para a correção, podem necessitar de correção por técnica cirúrgica convencional.

Como prevenir?

  • Parar de fumar;

  • Manter um controle adequado da hipertensão;

  • Paciente com antecedente familiar devem ser avaliados por um Cirurgião Vascular para um diagnóstico mais precoce.

Fatores de risco

  • Sexo masculino;

  • Tabagismo;

  • Histórico familiar;

  • Idade acima dos 60 anos;

  • Hipertensão

Varizes

O que é?

São veias dilatadas, tortuosas e visíveis nos membros inferiores. Podem se manifestar de diversas formas, desde microvarizes (veias pequenas, azuladas e avermelhadas), até varizes calibrosas e salientes que podem provocar simtomas como dores, sensação de peso, cansaço ou inchaço das pernas.

Como detectar?

Na maioria dos casos o próprio paciente percebe a presença das varizes. Podem ser necessários exames de imagem do sistema circulatório, especificamente o ecodoppler venoso.

Como tratar?

Existem diversas opções de tratamento, dependendo dos sintomas, causas e objetivo.

Podem variar desde medidas posturais, uso de maias de compressão graduada, até procedimentos cirúrgicos, uso de medicamentos, injeções de substancias esclerosantes ou utilização de tecnologias como laser ou radiofrequência.

Como prevenir?

  • Praticar exercícios físicos;

  • Manter peso sob controle;

  • Elevar os membros inferiores;

  • Evitar longos períodos em pé.

Fatores de risco

  • Histórico familiar;

  • Gestações

  • Envelhecimento

  • Histórico familiar de trombose venosa

Trombose venosa profunda

O que é?

É a formação de coágulos nas veias, mais frequentemente nas pernas. Se não tratada pode causar complicações precoces ou tardias.

As complicações precoces mais comuns são: dor e endemia (inchaço) das pernas, a embolia pulmonar, e em casos extremos, até mesmo a gangrena da extremidade devido a dificuldade de retorno venoso.

A complicação crônica mais comum é a síndrome pós trombótica, com dor, inchaço, varizes secundárias, escurecimento da pele ou surgimento da úlceras das pernas.

Como detectar?

O diagnóstico costuma ser feito pelo ecodoppler do sistema venoso, a partir da suspeita clínica da trombose.

Como tratar?

Pacientes com trombose venosa profunda necessitam de tratamento com anticoagulantes, medicamentos que evitam a progressão de coágulos.

Formas graves de trombose, que comprometem a veia ilíaca, vaso localizado dentro do abdome podem necessitar de técnicas especiais para a dissolução dos coágulos, com o objetivo de evitar as complicações tardias  da trombose.

Fatores de risco

  • Imobilidade;

  • Tabagismo;

  • Uso de hormônios;

  • Doenças crônicas como câncer ou outros problemas de saúde;

  • Histórico familiar.

O Cirurgião Vascular é o especialista capaz de definir a melhor opção de tratamento, baseado na extensão da trombose e no prognóstico do paciente.

Tratamentos anunciados como "permanentes", "sem dor" ou "absolutamente seguros" costumam ser apelativos e não correspondem a verdade.

Antes de se submeter a qualquer tratamento, é essencial a avaliação com um Cirurgião Vascular, especialista capaz de  avaliar a melhor forma de diagnóstico e tratamento.

A Sociedade Brasileira de Angiologia e Cirurgia Vascular é o órgão de maior importância dentro da especialidade no País, sendo responsável pela difusão do conhecimento científico.

Para ser membro da sociedade, o médico deve ter formação comprovada, treinamento técnico e teórico no tratamento das doenças vasculares.

O conhecimento aprofundado da doença é fundamental para o sucesso do tratamento.

SBACV-PODCAST-FUNDO_edited.jpg

Veja os nossos últimos encontros

Orla do Guaíba

data:
26 de agosto 2023
cidade:
Porto Alegre

No dia 26 de agosto de 2023, estivemos em Porto Alegre para realizar mais de 100 atendimentos médicos gratuitos à população local. Contamos com a colaboração de mais de 20 médicos, de Porto Alegre e região juntamente com o apoio do Hospital Mãe de Deus.

Fronteira da Paz

data:
15 de abril 2023
cidade:
Livramento

No dia 15 de abril de 2023, estivemos em Livramento para realizar mais de 100 atendimentos médicos gratuitos à população local. Contamos com a colaboração de 35 médicos angiologistas e cirurgiões vasculares, oriundos do Brasil e Uruguai. 

Parque da Gare

data:
8 de outubro 2022
cidade:
Passo Fundo

No dia 8 de outubro de 2022, estivemos em Passo Fundo para realizar mais de 100 atendimentos médicos gratuitos à população local. Contamos com a colaboração de mais de 20 médicos, oriundos de Porto Alegre e região.