BARRA-CABECALHO-PATOLOGIAS-SBACV.jpg

Trombose Venosa Profunda

trombose-venosa.jpg

O que é?
É a formação de coágulos nas veias, mais frequentemente nas pernas. Se não tratada, pode causar complicações precoces ou tardias.


As complicações precoces mais comuns são: dor e edema (inchaço) das pernas, a embolia pulmonar, e, em casos extremos, até mesmo a gangrena da extremidade, devido a dificuldade de retorno venoso.


A complicação crônica mais comum é a síndrome pós trombótica, com dor, inchaço, varizes secundárias, escurecimento da pele ou surgimento de úlceras nas pernas.


Como detectar?
O diagnóstico costuma ser feito pelo ecodoppler do sistema venoso, a partir da suspeita clínica da trombose.


Como Tratar?
Pacientes com trombose venosa profunda necessitam de tratamento com anticoagulantes, medicamentos que evitam a progressão dos coágulos.
Formas graves de trombose, que comprometem a veia ilíaca, vaso localizado dentro do abdômen, podem necessitar de técnicas especiais para a dissolução dos coágulos, com o objetivo de evitar as complicações tardias da trombose.


Fatores de Risco
Imobilidade;
Tabagismo;
Uso de hormônios;
Doenças crônicas como câncer
ou outros problemas de saúde;
Histórico familiar.


O Cirurgião Vascular é o especialista capaz de definir a melhor opção de tratamento, baseado na extensão da trombose e no prognóstico do paciente.